AdobeStock_80358114

Consulta médica: saiba como aproveitar ao máximo este momento.

Hoje é o dia da tão aguardada consulta médica. É um dia que pode gerar diferentes tipos de emoções: tensão, ansiedade, medo,  frustração, alívio ou alegria. Dúvidas, angústias podem ser diminuídos, mas também existe a possibilidade de receber uma má notícia. Enfim, muita coisa pode acontecer.

Independente do motivo que leva alguém a procurar um médico ou outro profissional da saúde, algumas dicas podem ajudar a fazer este momento mais bem aproveitado e reduzir e muito as tensões antes e durante a conulta médica.

Agendando a consulta médica:

A consulta se inicia muito antes do paciente adentrar a sala do médico. A partir do momento em que a pessoa decide procurar um profissional e entra em contato através do telefone, site ou por outro meio, a experiência emocional  já começa a se fazer presente. É natural que durante o contato de agendamento, a pessoa não preste atenção ás informações necessárias e muitas vezes a pessoa do outro lado da linha também se esqueça de dizê-las.

Por isso, sempre obtenha, marque numa agenda ou no calendário e confirme as seguintes informações no momento do agendamento e também antes de ir á consulta:

  • Data e horário da consulta médica
  • Nome e especialidade do profissional
  • Endereço do consultório ou clínica
  • Certifique-se da acessibilidade do local (rampas e elevadores) caso você necessite
  • Informe-se sobre estacionamento e outras comodidades como linhas de metrô ou ônibus nas proximidades
  • Valor e formas de pagamento caso seja uma consulta particular
  • Documentos a apresentar caso seja consulta por convênio. Normalmente é a carteirinha e um documento de identificação com foto.

Lembre-se de chegar com antecedência e se precisar cancelar, ligue avisando. Existem outras pessoas que também precisam deste horário. Respeite os demais pacientes e também o profissional de saúde.

Prepare-se para a consulta médica:

Lembre-se de ir com roupas bem folgadas na consulta

A consulta médica é a oportunidade de finalmente contar tudo o que está acontecendo. Assim como uma história comum, a história colhida pelo médico (anamnese) precisa fazer sentido. Assim como um investigador de polícia, trabalhamos com informações e quanto mais precisa, melhor. Sabemos também que contar o que sentimos nem sempre é fácil. Por isso listei algumas dicas que podem ajudar a organizar a história a ser contada para o médico e tornar a consulta mais produtiva e eficiente:

  • Procure construir uma história previamente em casa. Tente lembrar detalhes relacionados á queixa principal
  • Tente organizar os acontecimentos. Sempre existe uma sequencia temporal dos fatos. Exemplo: primeiro veio a febre, 3 dias atrás, depois a garganta começou a doer há 2 dias atrás e depois a febre passou, mas comecei a sentir dor no corpo desde ontem.
  • Tente ser conciso, objetivo mas sem esquecer de relatar detalhes.
  • Preste atenção em coisas que melhorar ou pioram a sua queixa. Exemplo: minha dor de cabeça piora com a luz, mas melhora quando me deito.  por incrível que pareça, pequenos detalhes fazem muita diferença.

Eu recomendo ir á consulta acompanhado, sempre que possível. A presença de seu acompanhante pode ajudar a relaxar antes da consulta e inclusive pode ajudar a lembrar certas informações que você não se lembrou ou não havia percebido.

Eu também recomendo ir com roupas confortáveis e fáceis de tirar, caso necessário. As mulheres que usam vestido ou saia, sugiro que estejam com um shortinho por baixo. Assim ficam mais á vontade durante o exame físico dos membros inferiores. Evite calças jeans, roupas apertadas e calçados como botas de cano alto.

Lembre-se bem disto:

E por último, lembre-se de levar na consulta:

  • Exames ou seus pedidos já realizados relacionados á queixa:  exames de laboratório, laudos de radiografias, ultrassonografias, tomografias, ressonâncias… Enfim tudo que estiver relacionado ao problema a ser abordado em consulta.
  • Leve, sempre que possível as imagens (chapas)
  • Fotos ou videos também são importantes, especialmente para queixas visíveis como manchas ou lesões na pele, inchaços no corpo e etc.
  • Relatórios de tratamentos pregressos feito por outros médicos ou após uma internação hospitalar prévia.
  • Receitas atuais e antigas. Lembre-se de levar a lista de remédios que já faz uso, mesmo que seja para outros problemas de saúde.

PERGUNTE E ESCLAREÇA SUAS DÚVIDAS!

Sempre que fôr a uma consulta médica, pergunte mesmo! Não fique acanhado. Não fique com nenhuma dúvida. A orientação correta de um profissional faz parte do tratamento!

Estamos aqui para ajudar! Lembre-se sempre disso e conte sempre conosco!!

Espero que tenha gostado deste texto e compartilhe com outras pessoas que também possam ter interesse neste assunto.

Até a próxima!!

Leia também: O que é reumatismo

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp